, ,
,

 

Ao mesmo tempo que vivemos um cotidiano permeado pelo uso das redes sociais na internet, se faz urgente questioná-las. As violações de privacidade, a coleta indevida de dados e os experimentos sociais, influenciando opinião pública e eleições pelo mundo afora, nos faz questionar a nossa participação nestas plataformas. É importante demarcar que elas são plataformas proprietárias, tem dono e atendem aos interesses comerciais dos gestores e políticos de quem as utiliza com o intuito de acentuar as interferências sociais.

Este modelo de interação social e circulação de informações tem deixado um lastro de discussões vazias, fragmentação e desinformação (com algumas exceções), ao mesmo tempo em que se propõem como espaço de debate público. Portanto, devemos ter em mente que NENHUMA REDE SOCIAL É A SOCIEDADE CIVIL, e que as relações pessoais vão muito além dos posts, clicks e curtidas. Nenhuma rede social serve de parâmetro para popularidade, sucesso ou desempenho na vida cotidiana.

Os questionamentos podem fazer o leitor se perguntar: devo então abandonar as redes sociais? Qual a alternativa? A primeira questão é individual, cada um tem a liberdade de fazer o que quiser. O papel aqui é mais o de alertar sobre a que “contrato” se está submetendo quando aceitamos e concordamos com as políticas de uso que nem lemos ou das consequências sociais e psicológicas que o uso das redes sociais proprietárias podem ter. Mas, as escolhas, definitivamente, são individuais. Quanto a segunda questão há algumas opções de redes sociais federadas, que diluem as transferências de dados por vários servidores e não centralizam tudo nos servidores de apenas uma empresa, como o caso do Diaspora, e também plataformas livres para conteúdos e interações específicas, como é o caso do Investigación Social.

O Investigación Social, criado pelo coletivo Nodo Comum, é uma plataforma de compartilhamento e organização de experiências comuns. Nela se encontra as funções de criação de comunidade, grupos e fóruns de debates, além de se ter acesso a todo o histórico de textos e experiências inspiradoras para a organização e ação social nos territórios, com o objetivo de facilitar organizações e tomadas de decisão coletivas horizontais.

Este post da inicio a ideia de criar uma Wiki do site explicando as funcionalidades, como agregar-se e como criar conteúdos dentro da plataforma. Convidamos a todos a explorar as seções, ler o rico conteúdo acumulado até aqui, compartilhar feedbacks e fazer sugestões sobre a aparência e as funcionalidades da plataforma. Investigación Social os convoca a conhecer o universo das plataformas livres, pois só através delas construiremos formas mais equilibradas e justas de interação social.

 

0 Comentarios

Contesta

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.

2019 | Excepto donde se mencione lo contrario todos los contenidos de IS.net están bajo licencia CC BY-SA 4.0 (Conoce por qué y otras alternativas)

- Política de privacidad -

Impulsado conpor Nodo Común y la Rede Nacional de Produtoras Culturais Colaborativas

Inicia Sesión con tu Usuario y Contraseña

o    

¿Olvidó sus datos?

Create Account